Danni Suzuki mostrou que o racismo estrutural não atinge só os negros



O Brasil tem a maior população de origem japonesa do mundo, tirando o próprio Japão. A culinária nipônica se espalhou por nosso país a ponto de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, eleger o sobá ?a variante local do yakissoba? como seu prato “oficial”. Em cidades como São Paulo, nisseis, sanseis e “nãoseis” ocupam postos de destaque em todas as categorias profissionais.

Mas há uma área em que os descendentes de japoneses, chineses e coreanos ainda têm pouca presença: a teledramaturgia. O máximo que os atores de ascendência oriental conseguem são participações esporádicas em uma novela ou outra ?geralmente no famigerado núcleo de humor, em papéis estereotipados de dono de lavanderia ou lutador de caratê.
Leia mais (09/02/2020 – 10h30)

Fonte do link