Dados do usuário do Grindr estão à venda há anos, diz jornal



Dados de milhões de usuários do aplicativo de namoro gay Grindr foram coletados de uma rede de publicidade digital e disponibilizados para venda, segundo o Wall Street Journal.
Leia mais (05/02/2022 – 11h16)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários