Da encefalite letárgica à Covid-19



No final de 1916, o neurologista Constantin von Economo, em Viena, notou que vários pacientes padeciam de um conjunto de sintomas até então incomuns: febre, sonolência excessiva e incapacidade de movimentar os olhos. Todos ficavam estáticos por muitas horas. Alguns sobreviventes passaram a ter uma condição progressiva, muito semelhante à doença de Parkinson. Von Economo percebeu que estava diante de uma situação distinta e a nomeou de encefalite letárgica. Registros históricos apontam que o surto notado pelo neurologista surgiu em 1915 na Romênia, e em 1920 tomou o mundo.
Leia mais (04/16/2021 – 10h00)

Fonte do link