Cuba condena manifestante que participou de atos de julho a 10 anos de prisão



Um manifestante que participou dos atos de julho em Cuba recebeu uma pena de 10 anos de prisão, a maior imposta a uma pessoa detida pelos protestos do meio do ano, segundo a ONG Cubalex, de defesa de direitos humanos.
Leia mais (10/23/2021 – 18h18)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários