Coronavírus: MG tem recorde de casos em um dia, são 554 novos; 23 a cada 1 hora


Minas Gerais superou, nessa terça-feira (26), mais um triste recorde da pandemia de coronavírus: o de maior número de casos registrados desde a véspera. Entre segunda-feira (25) e esta manhã, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) confirmou a existência de novos 554 diagnósticos positivos para Covid-19. Agora, são 7.516 mineiros infectados pelo vírus desde o mês de março – eram 6.962 na segunda. A pasta calcula que o pico da doença no estado acontecerá em 10 de junho, daqui pouco mais de duas semanas.

O número de mortes também aumentou segundo o relatório do órgão publicado nesta terça-feira. Duzentas e trinta e quatro pessoas morreram na região após serem infectadas pelo coronavírus, sendo que a maior parte das mortes está concentrada em Belo Horizonte – quatro dos óbitos foram confirmados nas últimas 24 horas. Quarenta e três moradores da capital faleceram em decorrência da Covid-19.

O processo de interiorização da pandemia acontece de forma acelerada em Minas Gerais. Dos 853 municípios existentes no estado, há casos de coronavírus em, pelo menos, 397 deles – isto, pois, os números apontados pelas secretarias municipais levam alguns dias até serem computados pela Secretaria.

Há também uma certa lentidão na confirmação das mortes que, segundo a própria Saúde, tem até 60 dias para serem contabilizadas no sistema do Ministério da Saúde. Os óbitos, aliás, não acontecem em apenas alguns municípios de Minas Gerais e 96 96 deles registraram, até o momento, mortes em decorrência do coronavírus.

Uberlândia e Juiz de Fora

Depois de Belo Horizonte, as cidades de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e Juiz de Fora, na Zona da Mata, são as que detêm os maiores números de casos e mortes pela doença. A segunda maior concentração de casos em Minas Gerais está em Uberlândia, são 601 até esta terça-feira – na capital mineira, estão confirmados 491 diagnósticos. Aconteceram 15 mortes em decorrência da doença no município.

Juiz de Fora, até semana passada, tinha o segundo maior número de casos, mas agora é a terceira cidade nessa condição. São 519 diagnósticos positivos para a Covid-19, e 26 mortes causadas pela infecção – a segunda maior quantidade no estado, uma vez que são 43 mortes em BH.

Fonte do link