Coronavírus: Divinópolis ensaia abertura gradual do comércio a partir do dia 27


Primeira cidade de Minas Gerais a confirmar um caso de coronavírus, Divinópolis, na região Centro-Oeste, decidiu iniciar a reabertura gradual do comércio a partir da próxima segunda-feira (27). O protocolo da prefeitura, anunciado nessa quarta-feira (22), prevê que lojas e estabelecimentos comerciais funcionem em esquema de rodízio, respeitando as determinações sanitárias.

Com 65 pacientes diagnosticados com a Covid-19 e um óbito, a cidade só manterá o comércio aberto caso o nível de ocupação dos leitos de UTI permaneça baixo. Se houver risco de colapso no sistema de saúde, a medida que determina a reabertura poderá ser imediatamente suspensa.

Os detalhes sobre como o comércio irá funcionar a partir da próxima semana serão anunciados ainda nesta quinta-feira (23) pelo prefeito de Divinópolis, Galileu Machado (PMDB). No entanto, conforme já foi antecipado, os estabelecimentos serão divididos em algumas modalidades, sendo que parte deles só poderá funcionar às segundas, quartas e sextas, enquanto a outra terá atividades permitidas às terças, quintas e sábados.

O horário de abertura dessas lojas e espaços será sempre o mesmo, exclusivamente das 9h às 17h. Os proprietários que não seguirem à risca o rodízio ou que descumprirem as medidas sanitárias podem ser punidos com a cassação imediata do alvará e aplicação de multas.

De acordo com Machado, a reabertura do comércio só será possível graças ao sucesso das medidas de isolamento social na cidade. “O bom trabalho feito desde o início da pandemia, nos permite, agora, essa flexibilização, mas com as condições estabelecidas, afinal a ameaça é real”, destacou na página oficial da prefeitura. Segundo ele, o comércio será intensamente fiscalizado para garantir que as regras sejam seguidas.

Uma das condições para que os estabelecimentos permaneçam abertos a partir de segunda-feira é que o nível de ocupação dos leitos de UTI em Divinópolis continue menor que o índice de 70%. Atualmente, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 49% dos leitos estão ocupados por pacientes na cidade.

Servidores públicos

Outro anúncio feito pela prefeitura nessa quarta-feira é o retorno dos servidores municipais às atividades já na segunda-feira (27). Um decreto será publicado até sexta-feira (24) estabelecendo a volta ao trabalho, e vale para os funcionários que acabaram afastados em esquema de férias coletivas em função da pandemia do coronavírus. O esquema será semelhante ao do comércio, uma vez que os servidores serão divididos em dois grupos. A escala de trabalho será alternada entre eles – dia sim, dia não.

Aqueles funcionários considerados do grupo de risco da Covid-19 continuam em casa. Contudo, precisarão ser reintegrados ao trabalho em esquema de home office. Servidores da educação municipal e que ocupam cargos administrativos também precisam retomar as atividades. Essa determinação não se aplica aos professores.

Situação em Divinópolis

Sessenta e cinco pacientes receberam diagnóstico positivo para coronavírus em Divinópolis desde o início do mês de março. Uma pessoa morreu no município em decorrência da doença. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, há 1.250 casos suspeitos na cidade, sendo que há 12 pacientes internados em leitos de CTI com sintomas semelhantes aos do coronavírus, outros 12 recebem atendimento ambulatorial.

A orientação é que, apesar da reabertura do comércio, as pessoas evitem sair de casa sem necessidade. Não à toa, também a partir de segunda-feira será suspenso o uso do cartão de gratuidade em ônibus nos horários de pico. O objetivo é evitar que os idosos saiam pela cidade nos horários em que há um número maior de pessoas nas ruas.

Fonte do link