Conheça a mulher que vai estar viva daqui 1.000 anos



Com a morte de Henrietta Lacks no ano de 1951, os cientistas descobriram a imortalidade! Na verdade, mais ou menos isso. Através de pesquisas com as células de Lacks, especialistas conduziram avanços espetaculares na medicina, desde a criação da vacina contra a poliomielite até experimentos no espaço! As células de Henrietta, chamadas de “HeLa”, estão vivas até hoje, embora sua dona já tenha descansado há décadas. A explicação pra isso você confere soltando o play!

Ficha Técnica:

ROTEIRISTA: Mateus Graff / EDITOR DE VÍDEO: Vinicius Gutierres / ILUSTRADOR (THUMBNAIL): Marco Túlio Dutra / DIRETOR DE FOTOGRAFIA / OPERADOR DE CÂMERA: Francisco (Sombra) / CINEGRAFISTA: Cristiano Dos Santos / ASSITENTE DE CÂMERA: Carlos de Freitas / AUXILIAR TÉCNICO: Osvaldo Freitas (Tracajá) / PRODUTOR: Thales da Guarda / CAPTAÇÃO E EDIÇÃO DE ÁUDIO: Guilherme Borges / CHEFE DEP. YOUTUBE: Muryllo Vilela / REVISÃO DE ROTEIROS: Fernando Brandão / PRODUTOR EXECUTIVO: Luiz Phellype Alves

Link original

Compartilhe:

Comentários