Confinados em casa, casais lutam contra dificuldades da hiperconvivência



Dois meses após se casarem, Amanda Santana Portela, 23, e Ricardo Kaluan de Oliveira, 27, estão, desde quarta-feira (18), 24 horas por dia juntos em casa. Ela é analista de comunicação. Ele, analista de compras. Ambos passaram a fazer home office devido à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Em sua opinião, o casal:
a) Ganhou uma nova lua de mel e a oportunidade de se conhecer ainda melhor.
b) Ganhou um grande problema e a oportunidade de descobrir o que um não suporta no outro.

Por ora, a reposta do casal parece ser a primeira alternativa. “Estamos ocupando a mesa da sala [para trabalhar] e ?brigando? por espaço. Fora isso, estamos bem, por enquanto”, diz Ricardo em tom de brincadeira. “Casamos recentemente e não tínhamos ainda ficado assim, os dias inteiros juntos.”

“Ele deve estar me odiando, mas não sabe ainda. Como é muito recente está ok”, completa Amanda. ” “Mas na segunda e na terça passei o dia inteiro aqui sozinha trabalhando e foi muito mais difícil”, diz ela.
Leia mais (03/23/2020 – 08h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze − 9 =