Condutor de ônibus atropela homem no Barreiro e é indiciado por homicídio doloso


Um motorista da linha de ônibus 3053 (Estação Barreiro/ Barro Preto), de 38 anos,  foi preso e indiciado por homicídio doloso – quando há intenção de matar – após atropelar, na manhã desta sexta-feira (6), um homem de 52 anos que atravessava a avenida  Sinfrônio Brochado, na região do Barreiro, na faixa de pedestre. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A ação foi filmada por uma câmera de segurança.

 

 

As imagens mostram a vítima atravessando na faixa. Testemunhas ouvidas pela Polícia Civil contaram que ele estava gesticulando para que o ônibus parasse para que ele pudesse continuar a travessia. Elas disseram ainda que o motorista chegou a reduzir a velocidade, mas arrancou novamente jogando a vítima ao solo.

Na sequência,  as rodas traseiras chegaram a passar sobre o corpo da vítima que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O motorista do ônibus parou o veículo alguns metros depois. A Polícia Militar esteve no local e chegou a interditar a via até que os trabalhos fossem realizados.

De acordo com o delegado da Divisão Especializada em Prevenção e Investigação de Crimes de Trânsito (Depict), Davi Batista Gomes, inicialmente o homem seria indiciado pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas as imagens da câmera de segurança auxiliaram na investigação.

“Inicialmente o que seria um homicídio culposo na condução de veículo automotor, com as investigações preliminares, nós acabamos desencadeando um auto de prisão  de homicídio doloso, com um dolo eventual”, explicou.

O homem foi encaminhado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira.



Fonte do link

Compartilhe:

Comentários