Como é levar um tiro?



Você já levou um tiro? Conhece alguém que já? A sensação não é nada como os filmes e jogos fazem parecer. Enquanto James Bond e o The Rock continuam lutando após serem atingidos por um projétil, a verdade é que não existe glamour nenhum. Acima, explicamos o que acontece se você levar um tiro e quais são as consequências para o seu corpo.

Ficha Técnica:

ROTEIRISTA: Victor Lisita / EDITOR DE VÍDEO: Adriana Itacaramby / ILUSTRADOR (THUMBNAIL): Katira / FOTOGRAFIA: Julio Vieira / CAPTAÇÃO E EDIÇÃO DE ÁUDIO: Jefferson Oliveira / ASSISTENTE DE CÂMERA: Carlos de Freitas Santos / SEGUNDO ASSISTENTE: Danyllo Freitas / PRODUTOR: Augusto Ijanc / AUXILIAR DE ESTÚDIO: Gustavo Henrique Barbosa / COORD. TÉCNICO YOUTUBE: Muryllo Vilela / PRODUTOR EXECUTIVO: Luiz Phellype Alves

Link original

30 COMENTÁRIOS

  1. bahhh velho eu tomei 6 tbm fiquei paraplégico e sem onda eu não senti nada nem um tiro doeu isso que eu tomei um tiro no maxilar que tranfixou de um lado pro outro felizmente não pego na língua e nem um músculo ai um no peito do lado esquerdo que sai embaixo da costela um no pulso que atravessou um no ombro esquerdo que também saiu nas costas um de raspão na nuca quando dei as costas e o último que pegou na espinha esse sim me derrubou, mas assim faz 2 anos e 9 meses isso reagi a uma tentativa de assalto onde eu morava o meliante ainda roubou meu carro e os médicos me falaram que o meu corpo suportou tudo isso pq eu era praticante da arte suave Jiu Jitsu por muitos anos e eu tinha um histórico de atleta kkkk mas brincadeiras a parte dou glórias a Deus por me deixar vivo assim posso ver meus filhos crescer ver meus netos e continuar a vida por mais difícil que seja agora mas sem deixar de agradecer e continuar vivo

  2. Só diz que não há dor quem nunca foi baleado.
    Fui baleado três vezes.
    1989: na nuca (felizmente a bala veio já sem muita velocidade e não houve muito estrago, só raspou;
    1991:ante-braço, (arrebentou tudo. Entrou num lado e saiu no outro);
    1993: no lado direiro do peito. Entrou e transfixou).
    Dói muito e se sente com o corpo extremamente pesado, impossível de sustentar em pé o próprio peso. (O preço de 30 anos na polícia do Rio de Janeiro). Chega! Me aposentei. Agora só me dedico à música, minha eterna paixão. Depois de trinta anos manuseando armas, sem nenhum acidente, posso garantir: armas devem ser evitadas, até por quem sabe usá-las. Seu uso deve ser restrito e controlado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 − 4 =