Chanceler repudia novas sanções americanas e diz que Cuba "seguirá em frente"

Havana, 21 dez (EFE).- O governo de Cuba repudiou nesta segunda-feira as sanções aplicadas pelos Estados Unidos contra mais três empresas, entre elas o poderoso conglomerado militar GAESA, cujas propriedades e ativos no território americano serão bloqueados.

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários