Carlos Bolsonaro tem posts sinalizados como falsos no Instagram e reclama

O vereador carioca Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, teve duas postagens sinalizadas pelo Instagram como notícias falsas e reclamou na própria rede social. As duas publicações de Carlos Bolsonaro incluíam trechos de vídeos nos quais o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tratava da venda de refinarias da Petrobras na Bolívia. Serviços de checagem consideram que o conteúdo foi retirado de contexto e trazia informações distorcidas.

No trecho publicado pelo vereador, o ex-presidente fala sobre o processo de nacionalização de refinarias da estatal brasileira na Bolívia e afirma que não colocou empecilhos. Carlos Bolsonaro vinculou essa postura ao aumento do preço do gás atualmente.

O Instagram, porém, sinalizou a publicação como notícia falsa em razão de uma checagem realizada pelo serviço ‘Aos Fatos’ ter indicado que havia distorções acerca do tema em outras publicações na rede, sugerindo que Lula teria dado as refinarias aos bolivianos.

Após a sinalização, Carlos Bolsonaro publicou novamente o vídeo, dessa vez sem os comentários feitos inicialmente e dizendo que tratava-se apenas da fala do ex-presidente. Novamente, porém, o conteúdo foi sinalizado como falso, com o mesmo argumento, ao que o vereador reagiu:

“Chegamos num momento do mundo em que colocar um vídeo de um ex-presidiário falando por si mesmo, sem nenhum comentário do autor da postagem sobre o fato exposto, sem edição alguma, somente com a fala do próprio petista é considerado falso pelos ‘checadores’. Tem método e muito, mas muito, prudente, sofisticado e biografado”, reagiu Carlos Bolsonaro.

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários