Caixa abrirá 2.213 agências para saque do auxílio de R$ 600; veja calendário


A Caixa Econômica Federal vai abrir 2.213 agências neste sábado (30), em todo o país, para liberar o saque da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais, contribuintes individuais do INSS e MEIs (microempreendedores individuais) nascidos em janeiro.

Para conseguir ter acesso ao dinheiro, os beneficiários devem ter recebido a primeira parcela até o dia 30 de abril. O horário de funcionamento das agências será das 8h às 12h.

Esses cidadãos já tiveram a opção de movimentar os valores por meio do aplicativo Caixa Tem, fazendo o pagamento de contas e boletos, ou realizando compras digitais em estabelecimentos conveniados.

Agora, no entanto, poderão gerar o código de saque e ir até uma agência, uma lotérica ou um correspondente bancário da Caixa para fazer a retirada, ou realizar a transferência para outra conta. 

Quem não fez movimentações poderá sacar os R$ 600. Já os beneficiários que usaram parte do valor e deixaram uma quantia poderão fazer a retirada do saldo restante.

No caso das mães que são chefes de família, o valor do benefício é de R$ 1.200 por parcela. Caso recebam por meio da poupança digital movimentada pelo Caixa Tem, já tiveram a oportunidade de fazer compras e pagar contas.

Neste sábado, as mães nascidas em janeiro podem sacar, caso ainda haja saldo. “Será um sábado bastante importante, pois as pessoas começam a ter acesso à retirada dos valores”, afirmou Tatiana Thomé, vice-presidente de governo da Caixa Econômica, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (27).

Veja o calendário de saques em dinheiro e transferência

Os saques em dinheiro serão permitidos a partir de sábado (30 de maio) para trabalhadores informais, contribuintes individuais do INSS e MEIs. Se sobrou dinheiro na poupança digital, ele será transferido automaticamente para a conta bancária que o beneficiário recebeu a segunda parcela nas datas abaixo:

Data da liberação/Nascidos em
30 de maio (sábado)/Janeiro
1 de junho (segunda)/Fevereiro
2 de junho (terça)/Março
3 de junho (quarta)/Abril
4 de junho (quinta)/Maio
5 de junho (sexta)/Junho
6 de junho (sábado)/Julho
8 de junho (segunda)/Agosto
9 de junho (terça)/Setembro
10 de junho (quarta)/Outubro
12 de junho (sexta)/Novembro
13 de junho (sábado)/Dezembro

Quanto já foi pago

Segundo balanço da Caixa divulgado por Tatiana nesta quarta, o benefício já foi pago para 57,3 milhões de cidadãos, incluindo os inscritos por meio do aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial e pelo site auxilio.caixa.gov.br, os beneficiários do Bolsa Família e os cidadãos inscritos no CadÚnico.

Os dados incluem a primeira e a segunda parcela. O balanço da segunda parcela mostra que a Caixa já pagou benefício a 46,1 milhões de cidadãos. Ao todo, somando primeira e segunda parcelas, foram liberados R$ 72,7 milhões.

A vice-presidente da Caixa também tratou sobre a estratégia do banco de liberar o saque em dinheiro (e a consequente ida às agências) de forma diferente do que foi feito na primeira parcela. Segundo ela, isso evita filas e possíveis aglomerações, que podem levar à contaminação pelo coronavirus.

Dentre as estratégias do banco para diminuir as filas e aglomerações estão a liberação da movimentação da conta digital antes da data do saque em dinheiro, além de pagar a grana conforme o mês de aniversário, mas sendo um mês por dia.

“Mostra que estamos tendo um sucesso na estratégia montada pela Caixa para evitar aglomerações e filas em nossas agências para que as pessoas tenham maior conforto e uso dos seus recursos”, disse ela.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 + 6 =