Bolsonaro vê pressão por venda de vacinas contra covid e volta a dizer que "criaram pânico"

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta terça-feira, que há uma pressão pela venda de vacinas contra a Covid-19, criticou o que considera um pânico criado na população e repetiu que é preciso enfrentar a pandemia do novo coronavírus comparando a uma guerra, numa semana em que o Brasil deve atingir a marca de 200 mil mortes pela doença.

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários