Bolsonaro usa rede social para defender 'Lava Jato da Educação'

0
8
Gostou do post?



Numa série de postagens publicadas na rede social Twitter na manhã desta segunda-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu uma “Lava Jato da Educação” e prometeu mudar as “diretrizes educacionais” do país.

“Há algo de muito errado acontecendo: as prioridades a serem ensinadas e os recursos aplicados. Para investigar isso, o Ministério da Educação junto com o Ministério da Justiça, Polícia Federal, Advocacia e Controladoria Geral da União, criaram a Lava-Jato da Educação”, escreveu Bolsonaro.

Na mensagem seguinte, o presidente justificou seu ponto de vista apontando que o Brasil gasta mais em educação em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) que a média de países desenvolvidos. “Em 2003 o MEC gastava cerca de R$ 30 bi em Educação e em 2016, gastando 4 vezes mais, chegando a cerca de R$ 130 bi, ocupa as últimas posições no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa).”
Leia mais (03/04/2019 – 13h00)

Fonte do link

Comentários no Facebook