Bolsonaro estuda indicar procurador para Educação após crise com evangélicos

0
4
Bolsonaro estuda indicar procurador para Educação após crise com evangélicos
Gostou do post?



Após a reação negativa da bancada evangélica sobre uma indicação para o Ministério da Educação, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), chamou de “fake news” as notícias de que ele teria convidado para o cargo Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna.

Bolsonaro não descarta conversar com Mozart, mas diz estudar para o ministério o procurador Guilherme Schelb. “Eu vou conversar hoje [quinta-feira] com o senhor Guilherme Schelb também. A gente conversa para tomar decisão lá na frente. É um ministério importantíssimo, como outros, e é ali que está o futuro do Brasil”, disse o presidente eleito.
Leia mais (11/22/2018 – 09h23)

Fonte do link