Bolsonaro derruba até 1 bilhão de árvores na Amazônia em 12 meses



Pouco importa se o leitor se incomoda com a destruição da Amazônia, se votou em Jair Bolsonaro ou se considera a crise do clima uma farsa para impedir o desenvolvimento nacional: entre agosto de 2020 e julho de 2021, cada brasileiro contribuiu com quatro árvores para dizimar a maior floresta tropical do mundo.

A conta do passivo ambiental per capita é fácil de fazer.

Foram 13.235 km2 de corte raso neste ano, segundo informou o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) na quinta-feira (18). Cada hectare de mata amazônica tem cerca de 600 árvores, o que dá 60 mil por quilômetro quadrado.
Leia mais (11/20/2021 – 07h00)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários