Bolsonaro critica questão do Enem sobre Marta e diz que futebol feminino não é realidade no Brasil



O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou a questão do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste domingo (17) que abordou a desigualdade de gênero com um texto sobre a diferença salarial entre os jogadores de futebol Neymar e Marta, eleita seis vezes pela Fifa a melhor jogadora do mundo.

Pressionado por causa do fracasso do governo no enfrentamento à pandemia de Covid-19, Bolsonaro direcionou sua conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, nesta segunda-feira (18), a temas que agradam a sua base ideológica.

“Você tem que dar educação para o povo. Educação, não. Conhecimento. Quem dá educação é a família. Dá conhecimento para o pobre”, começou Bolsonaro.
Leia mais (01/18/2021 – 13h09)

Fonte do link