Bem-vindos aos anos 20



O sujeito chega na análise pedindo para que o analista confirme a loucura de cônjuges, chefes, filhos ou qualquer outro a quem atribui seu mal-estar. As entrevistas iniciais, das quais depende o início do processo, devem levar o queixoso a se incluir na conta que imputa aos outros. Caso contrário, não se tratará de uma análise, mas de um guichê de reclamações. A retificação subjetiva, que se dá nesse processo, é dolorosa e libertadora. Dolorosa porque não poderemos mais varrer o lixo sob o tapetinho alheio impunemente, libertadora porque temos a chance de dar um destino melhor ao nosso sofrimento.
Leia mais (12/31/2019 – 02h00)

Fonte do link

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

onze + treze =