BC prevê mercado de R$ 500 bi em crédito de imóveis como garantia e hipoteca reversa

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta terça-feira (6) que vê potencial para destravar R$ 500 bilhões com o uso de imóveis como garantia e com a prática da chamada hipoteca reversa.

Campos Neto ponderou que a securitização dos financiamentos imobiliários não avança porque os contratos são baseados na Taxa Referencial (TR). 

A utilização do IPCA como indexador, como em desenvolvimento pela Caixa, vai ao encontro da transformação que o governo quer promover, indicou Campos Neto, sem dar detalhes de quando esse aval poderá ser dado.
Leia mais (08/06/2019 – 12h46)

Fonte do link