Atraso escolar é maior quando há mais professores fora da área de formação



Os dados do Censo Escolar 2016 mostram que quase um quarto dos professores do ensino médio brasileiro não possuía formação superior compatível com as disciplinas que lecionava. No caso de sociologia e filosofia, o total de docentes sem formação na área chegava a 84% e 75%, respectivamente.

Em que medida isso interfere no aprendizado do aluno? Como afeta a motivação e o interesse do professor? É necessário que o professor tenha formação estritamente compatível com a disciplina ministrada, ou um bom professor é capaz de ensinar qualquer conteúdo, de qualquer disciplina?

Essas são algumas das questões que a dissertação de mestrado de Roberta Costa, defendida em 2018 na UFF (Universidade Federal Fluminense), buscou analisar.
Leia mais (05/20/2019 – 08h00)

Fonte do link

Comentários no Facebook