Ato unificado do 1º de Maio da centrais sofre desfalques na véspera

Planejado como uma demonstração de unidade das centrais sindicais, o ato virtual em comemoração ao Dia do Trabalho sofreu desfalques nessa quinta-feira (30), véspera de sua realização, trazendo à tona divergências dentro do movimento sindical.

Os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), bem como os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede), já enviaram suas mensagens que serão transmitidas pelas redes sociais. A tônica dos discursos será de solidariedade ao trabalhador e de coesão para enfrentamento da crise em tempos de coronavírus.
Leia mais (05/01/2020 – 00h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove − 1 =