Ataques machistas contra Luísa Sonza são intoleráveis e merecem punição



A cantora Luísa Sonza e o humorista Whindersson Nunes se separaram em abril de 2020, depois de dois anos de casados e quatro de relacionamento. Em setembro do ano passado, Luísa revelou que estava namorando o cantor Vitão. Em novembro, Whindersson apresentou sua nova companheira, a estudante Maria Lina Deggan. Vida que segue?

Para alguns internautas, não. Luísa foi acusada de provocar a morte de João Miguel, o filho prematuro de Whindersson e Maria Lina, sabe-se lá como. Resultado: à tragédia do jovem casal soma-se outra, a da ex, que sofre de depressão e cancelou o lançamento de seu novo álbum, para cuidar de sua saúde mental.
Leia mais (06/07/2021 – 13h00)

Fonte do link