Ask Ariely: Sobre impulsos assustadores, corações partidos e dieta na quarentena

Querido Dan,
Esse período de distanciamento social causado pela Covid-19 está ficando cada vez mais difícil para mim. Tenho ficado somente em casa desde o início e estou com a sensação de que já se passou pelo menos um ano. Meus dois filhos estão mais inquietos do que nunca, fazendo mais barulho do que eu jamais poderia imaginar e minha mulher tem mostrado características horríveis que eu não sabia que existiam. De vez em quando sinto uma raiva intensa borbulhando dentro de mim. Meu principal instinto é fugir, mas não posso fazer isso. Meu segundo instinto ocasionado por essa raiva é uma assustadora vontade de acabar com todos eles, mas racionalmente estou ciente de que essa não é uma opção que eu deveria considerar. O que posso fazer para me sentir melhor durante esse período?
Harvey

Esse impulso que você descreveu, o de acabar com a sua família, é o que chamamos de solução míope. O único objetivo é o de atingir uma meta imediata, nesse caso, ter menos pessoas irritantes ao seu redor. Acontece que, no segundo seguinte, muita dor e sofrimentos irreparáveis são gerados. Então, vamos pensar em outras sugestões.
Leia mais (06/10/2020 – 23h15)

Fonte do link

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

6 + dezessete =