Argentina começa debates para votar legalização do aborto por vontade da mulher



A praça do Congresso, em Buenos Aires, deve ser tomada por dois grupos a partir das 10h desta quinta-feira (10): um verde e um azul celeste. Não, não se trata de uma disputa futebolística, mas de uma vigília prevista para terminar apenas quando a Câmara dos Deputados argentina acabar de debater e votar a lei que regulariza o aborto livre e gratuito, apenas pela vontade da mulher, até a 14ª semana de gestação.
Leia mais (12/09/2020 – 23h15)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários