Após exclusão de Tuta, PCC decide substituir o número 1 da facção nas ruas

O PCC (Primeiro Comando da Capital) decide trocar o comando da facção criminosa nas ruas após a exclusão de Marcos Roberto de Almeida, 52, o Tuta, sequestrado na Bolívia pelo “tribunal do crime” da organização sob a acusação de ter mandado matar à revelia integrantes do grupo.

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários