Após esta crise, valorizaremos empresas mais solidárias, diz criador do Não Demita

Lançado no dia 3, o site Não Demita, manifesto que estimula empresas de todos os portes a preservar empregos na crise do coronavírus por ao menos dois meses, já recebeu a adesão de cerca de 3.000 companhias, segundo Daniel Castanho, presidente do conselho de administração da Ânima Educação, um dos responsáveis pelo movimento.

O empresário estima que até 1,5 milhão de vagas serão preservadas pela iniciativa e insta seus pares a cuidar também dos empregos de toda a cadeia, honrando compromissos com seus fornecedores.

“Muita empresa fala com orgulho que tem x funcionários diretos e y indiretos”, diz.

Castanho afirma que a crise revela quem são as verdadeiras lideranças e diz que ele próprio vai deixar de consumir produtos de quem não tiver responsabilidade social.

“Não estou reprimindo ninguém. Quem sou eu para julgar? Mas, se você pode e não faz, para mim, você está sendo indiferente com a situação.”
Leia mais (04/10/2020 – 01h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 − dezoito =