Aplicativo reduz tempo de acionamento do SAMU em 680 cidades de Minas


O tempo para acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu – 192), que varia de 1 a 5 minutos, pode ser reduzido em 680 das 853 cidades mineiras com ajuda de um aplicativo.

O “192 Fácil”, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio da empresa Velp Tecnologia, pode ser baixado gratuitamente. A plataforma está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS.  

Ao solicitar o Samu por meio do aplicativo, os dados iniciais (nome, telefone, endereço) aparecem automaticamente na tela da central do Samu. A plataforma também indica, por meio de GPS, a localização de quem precisa do atendimento de urgência.

Pelo telefone 192 esses dados são passados na primeira fase do atendimento, antes do médico regulador dar orientações de socorro à vítima. A ambulância é acionada somente após esses dois processos, conforme esclarece a SES-MG.

A coordenadora de urgência e emergência da Secretaria de Saúde, de Minas Gerais, Adriana Rodrigues Almeida, reconhece que o aplicativo contribui para o serviço em todo estado.

“Esse aplicativo agiliza o atendimento das centrais de regulação do serviço de atendimento móvel de urgência Samu 192. Ao cadastrar esses dados básicos o atendimento fica mais prático.”, salienta a coordenadora Adriana. 

Para o diretor da empresa responsável pelo aplicativo, Paulo Henrique Barros, o “192 Fácil” contribui para agilizar o atendimento médico. “Aquele tempo inicial da ligação para o Samu pode significar o tempo da pessoa morrer ou não, de ficar com sequelas ou não”, justifica. 

De acordo com a SES-MG o aplicativo está integrado com centrais de regulação que atendem mais de 680 municípios mineiros. Ao ligar para o 192 por meio do aplicativo, a ferramenta já direciona a chamada para a central da localidade onde o usuário se encontra.  

Sem conexão

Quando a pessoa estiver sem conexão à internet ou em local que não tenha integração direta com as centrais médicas do Samu o contato é direcionado para a central geral do 192. Nesse caso, os dados iniciais precisarão ser informados para quem precisa do serviço de urgência. 

Samu de Belo Horizonte ainda não reconhece serviço 

Em Belo Horizonte, o aplicativo “192 Fácil” ainda não é reconhecido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Os atendimentos acontecem exclusivamente pelo telefone 192, conforme informações da SMS.  

Ao acionar o Samu na capital o solicitante precisa informar endereço completo com nome da rua, bairro, município e referências. Também é preciso passar informações sobre a pessoa que precisa de atendimento médico. 

Ainda de acordo com a SMS de Belo Horizonte, com a pandemia o Samu não consegue mais precisar o tempo médio de atendimento. Antes essa espera era de 15 minutos. 

 

Detalhes da plataforma:

Aplicativo 192 Fácil 

  • Onde: Disponível para baixar gratuitamente no App Store ou no Google Play 
  • Cobertura: 680 municípios de Minas Gerais 
  • Como funciona: O usuário liga para o 192 pelo aplicativo e, caso tenha internet, seus dados e localização já aparecem na tela da central de atendimento. Ele só precisa confirmar. 
  • Mais detalhes: O app está integrado com as centrais de regulação que atendem mais de 600 municípios mineiros, incluindo todos os consórcios regionais do Estado de Minas Gerais, onde a Velp fornece o sistema de regulação médica e comunicação que agiliza o contato entre a central de regulação do SAMU e as ambulâncias, o vSkySamu. 

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × três =