Antes de Barroso, Aras já havia recomendado suspensão de expulsão de embaixadores venezuelanos



Deixa… Antes que o ministro do STF Luís Roberto Barroso tivesse decidido pela suspensão da expulsão dos diplomatas venezuelanos do Brasil, o Procurador-Geral da República Augusto Aras já havia recomendado ao Ministério das Relações Exteriores que a medida fosse adiada.

…para depois Na recomendação, assinada na sexta (1º), o PGR chama a atenção para a situação dos serviços de saúde na Venezuela durante a pandemia do coronavírus e fala em “questões humanitárias”. Barroso tem dito a colegas que os ataques bolsonaristas elegeram o alvo errado. Primeiro, porque ele não barrou a expulsão, só suspendeu -e, inclusive, acredita que o presidente pode, sim, tomar essa medida. Segundo, porque seguiu recomendação de Aras, o PGR nomeado pelo presidente.
Leia mais (05/06/2020 – 00h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × cinco =