André Catimba conta que Maradona o defendeu de torcedores racistas na Argentina



O baiano Carlos André Avelino de Lima, 74, lia um livro esparramado no sofá na última quarta-feira (25) quando o telefone tocou em sua casa, em Salvador. “Você viu que seu amigo morreu?”, foi a pergunta de sua irmã.
Leia mais (12/01/2020 – 08h00)

Fonte do link