Análise do sangue achado no apartamento de onde criança caiu sai em até 15 dias


O sangue encontrado na cozinha do apartamento do bairro Santa Lúcia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, de onde uma criança de 9 anos caiu da janela do quarto andar na última quarta-feira (19), passa por uma análise e, segundo informações da Polícia Civil, o resultado será conhecido em até 15 dias. O delegado titular Vinícius Dias, da terceira Delegacia de Polícia Civil Sul, afirmou que há possibilidade de o exame ser concluído antes do prazo estipulado, mas não confirmou se isso poderia ocorrer já durante esta semana.

Na quarta-feira, Vinícius Dias disse que a Polícia Civil iria investigar se o sangue era humano ou de um frango que estaria sendo preparado pela empregada doméstica da família. “Foi encontrado resquício de sangue, na cozinha, mas não sabemos se é sangue da criança ou do frango que estava sendo preparado pela empregada doméstica”, comentou.

O caso

O menino de 9 anos caiu de uma altura de cerca de 15 metros. Uma tesoura que teria sido utilizada para cortar a tela foi encontrada no quarto da vítima. A perícia da Polícia Civil foi acionada, e foi instaurado um inquérito policial para apurar o caso. A queda ocorreu na avenida Arthur Bernardes, por volta das 10h30, após a mãe da criança ter a proibido de usar o computador.  O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para o local, no entanto, um médico que passava pela avenida atestou o óbito.

A princípio, a PC não trabalha com a hipótese de homicídio. Outra possibilidade levantada pela polícia é a de que a criança tentou sair da residência, sem ter a intenção de se matar, e sofreu um acidente.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 1 =