Além de Maguito Vilela, outros prefeitos tomaram posse na UTI após contraírem Covid-19

[ad_1]

Diante do agravamento da pandemia da Covid-19, prefeitos de cidades localizadas em várias regiões do país tomaram posse internados em UTIs após serem infectados.

Nesta quarta-feira (13), o prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), 71, morreu em São Paulo depois de passar mais de dois meses no hospital. Ele havia tomado posse no dia 1º de janeiro com assinatura eletrônica na UTI.

Em Vitória da Conquista, terceira maior cidade da Bahia, com 341.000 habitantes, o prefeito reeleito Herzem Gusmão (MDB) fez o juramento de posse na sexta-feira passada (8) em sessão virtual diretamente da UTI do hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Ele está internado desde o dia 18 de dezembro. Inicialmente, foi atendido em um hospital de Vitória da Conquista após apresentar complicações pulmonares em decorrência da Covid-19. No dia 26 de dezembro, acabou sendo transferido para São Paulo para dar continuidade ao tratamento.
Leia mais (01/14/2021 – 08h00)

Fonte do link

[uam_ad id="6960"]