Aeronave de pequeno porte tomba em Juiz de Fora e tripulantes sobrevivem


Uma aeronave de pequeno porte perdeu o freio durante o pouso no Aeroporto de Juiz de Fora, na Zona da Mata, e acabou tombando para fora da pista nesta terça-feira (31). Apesar do acidente, seus dois tripulantes conseguiram sair com vida do avião e, segundo o Corpo de Bombeiros, foram resgatados sem quaisquer lesões aparentes, bem como também recusaram atendimento médico. 

Após os primeiros socorros, os militares precisaram estabilizar a aeronave para evitar vazamento de combustível. Peritos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III) foram acionados para analisar as condições do avião e determinar as possíveis causas para os erros no sistema de frenagem. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os problemas com a aeronave aconteceram justamente durante o pouso. “No decorrer da aterrissagem, o avião perdeu o freio do lado direito. Com isso, acabou deslocando para o lado esquerdo e, para evitar que a asa tocasse o chão, o piloto estabilizou até ela cair na lateral da pista. Tanto o piloto quanto o passageiro estão bem e saíram do avião por meios próprios”, comenta o tenente Rogério Pereira, do 4° Batalhão de Bombeiros Militar, que atende as ocorrências na região. Havia cerca de 60 litros de combustível na aeronave, que não corre risco de pegar fogo ou explodir. 

A aeronave que tombou, cujo modelo é RV-10, foi fabricada em 2009 e está com a situação de aeronavegabilidade normal. A lotação máxima, três passageiros e o piloto, era respeitada no momento do acidente. No entanto, ainda não há informações sobre que tipo de viagem era feita pela aeronave, que não possui autorização para táxi aéreo, antes do pouso no ‘aeroporto da Serrinha’ – nome pelo qual a unidade é mais conhecida.

Fonte do link