Adolescente matou amigo e levou pai da vítima ao local do crime em Minas


Um adolescente, de 15 anos, foi apreendido pela Polícia Militar na tarde desta terça-feira (27) depois de confessar ter matado o amigo, um menino de 12 anos. O crime ocorreu em Conceição das Alagoas, cidade do Triângulo de Minas Gerais, e chocou até mesmo a corporação, que, até então, nunca tinha registrado algo do tipo na cidade.

Segundo a PM, o corpo do menino foi encontrado pelos agentes após o adolescente indicar, para o pai da vítima, o local do crime. O detido disse à corporação que sentiu “vontade de matar” o jovem e, por isso, o enforcou e acertou uma pedra na cabeça dele.

Os pais do menino haviam acionado as autoridades policiais na segunda (26) relatando que o filho havia desaparecido. A vítima foi morta na tarde da segunda e encontrada pelos militares nesta terça.

À corporação, a mãe no menino informou que havia proibido a amizade dos dois pois ambos fumavam maconha frequentemente. 

O crime 

Depois de ter levado o pai da vítima ao local do crime, o adolescente fugiu. O homem, então, acionou a corporação, que encontrou o infrator no bairro em que ele mora. À corporação, o adolescente relatou que estava matando aula com a vítima para jogar futebol com ele na companhia de um outro amigo.

O autor do crime chegou a falar que não viu o amigo depois disso, mas depois confessou que a vítima o convidou a ir até um lugar chamado Cachoeirinha. Em seu depoimento, o infrator chegou a dizer que o amigo havia escorregado enquanto nadava e batido a cabeça em uma pedra, mas entrou em contradição sobre a história.

Ao ser questionado o motivo de a vítima ter sido encontrada com roupa, se ambos estavam nadando, o jovem acabou confessando que sentiu vontade de matar o amigo e o enforcou com uma corda até desacordá-lo. Em seguida, correu para dentro de uma mata, onde pegou uma pedra e acertou na cabeça do amigo.

Depois de matá-lo, o autor jogou o menino no leito do rio e atirou a bicicleta sobre o corpo da vítima. O adolescente, então, pegou os pertences do menino, uma mochila e um celular, e foi para a casa. Nesta terça, ele disse que sentiu vontade de avisar ao pai do menino onde o corpo do filho estava, alegando que ele havia sofrido um acidente.

O adolescente foi detido juntamente com o responsável legal por ele. O caso será investigado pela Polícia Civil. 

 

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here