'Abrimos mão do Brasileiro pela final da Sul-Americana', avalia Rui Costa


O diretor de futebol do Atlético, Rui Costa, fez um balanço da temporada atleticana. Ele chegou em abril, em meio à crise após a demissão do técnico Levir Culpi. O dirigente avaliou que a ânsia em conquistar a Sul-Americana tirou o foco do Campeonato Brasileiro.

Só que a equipe acabou perdendo a semifinal para o Colón-ARG, ficando fora da decisão. Nesse meio tempo, o time despencou na classificação da competição nacional e passou a brigar contra o rebaixamento.

“Em seis meses, conseguimos chegar numa semifinal de uma competição importante, a Sul-Americana. E tivemos próximo de ganhá-la. Foi um processo muito frustrante. E para chegar nessa final, precisamos abrir mão (no Brasileiro) em muitos jogos. A pontuação média de quem se salvou e está na Libertadores (foi pequena), se tivéssemos feito bons jogos, duas ou três vitórias, poderíamos ter disputado (a Libertadores)”, ressaltou Rui Costa, após a derrota para o Internacional, domingo, em Porto Alegre, pela última rodada do Brasileirão.

O diretor diz que precisa de mais tempo para conseguir um resultado no Atlético. “Estou num período curto no clube. Infelizmente, tem gente que pensa que é só contratar e dispensar jogador. É muito mais do que isso. Para fazer mais, você precisa de tempo. Sou avaliado como todos os profissionais do clube”, afirmou.

“O torcedor não está satisfeito, nós também não estamos. Tenho plena convicção disso. O Clube não vem conquistando títulos, faço parte de uma engrenagem para evoluir, começando com o Mineiro”, disse Rui, em outro trecho da entrevista.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

11 − 9 =