A visão cega e a nossa consciência



Se você leu o título, provavelmente supôs que a seguir virá um texto sobre aqueles tão comuns que olham, mas não veem nada. Esses que não valorizam as evidências, mas se apegam a teorias escusas. Sua adivinhação meu caro, mal se aproxima da intenção real que me fez escrever estas linhas, como verá. Meu propósito é mais amplo: é fazer você duvidar de suas certezas e compreender que a sua consciência, a minha e a do negacionista emergem como subproduto de uma atividade cerebral incógnita. Para isso, usarei o exemplo da visão cega, que mescla os conceitos a princípio opostos, os de percepção e de inconsciência.
Leia mais (09/11/2020 – 02h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

sete + 15 =