'A mudança climática é pior e mais trágica que a Covid-19', diz Safran Foer na Flip



A primeira mesa do segundo dia da Flip, toda virtual neste ano, uniu os pensamentos e a pesquisa sobre as consequências do aquecimento global do escritor americano Jonathan Safran Foer com os saberes passados de geração a geração da poeta e geógrafa amazonense Márcia Kambeba.

Foer disse não entender como os indivíduos e os governos reagiram de maneira tão radical frente à pandemia do coronavírus, “algo que conhecemos muito menos e não é nem de perto tão dramática quanto a perda do planeta. A mudança climática é muito pior e mais trágica que a Covid-19”.

Márcia Kambeba se emocionou quando emendou a fala do autor americano com um apelo pela proteção da floresta amazônica. “A Amazônia não pode ser defendida só pelos indígenas, quilombolas e ribeirinhos, tem que ser defendida por todos nós. É hora de parar e refletir porque as coisas só tendem a piorar.”
Leia mais (12/04/2020 – 18h58)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários