A morte do herói do tanque de guerra



O calendário apontava 27 de janeiro de 1945 e, em meio ao ataque, o soldado soviético David Dushman não hesitou. No comando de um T-34, jogou o tanque contra a cerca eletrificada do campo de extermínio de Auschwitz, principal engrenagem da máquina mortífera nazista.

A ação intrépida do jovem militar, então com 21 anos, apressou a desmontagem de um cenário trágico, do extermínio de cerca de 1,1 milhão de pessoas, das quais mais de 90% eram judeus. A destruição da cerca abriu caminho para a invasão de soldados do 60° Exército, testemunhas iniciais dos horrores de Auschwitz.
Leia mais (06/11/2021 – 23h15)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários