A menina e a fumaça



Na sexta-feira, sem que ninguém esperasse, a menina falou. Não tinha mais de 11 anos. Vestia uma camiseta azul, seus cabelos estavam soltos, e manejava o microfone como o mais experiente dos locutores. Os pés dela mal chegavam a tocar o chão. Disse que foi ao céu com a missão de averiguar se aquilo que havia escutado no rádio era certo. Que o mundo acabaria na terça-feira, dia 21 de abril. Que aquilo que viria seria uma fumaça, como uma enfermidade. Que esta afetaria todos os que não estivessem dentro de suas casas. E que os mataria todos, um a um, disse Deus nosso senhor.
Leia mais (05/12/2020 – 10h00)

Fonte do link