2021, o ano da bomba atômica jurídica

Em 2018 a UE (União Europeia) lançou o seu “Plano de Ação: Financiar um Crescimento Sustentável” com o objetivo titânico de persuadir o mercado financeiro a contribuir para as prevenção das alterações climáticas. Nem governos, nem ambientalistas, nem cientistas têm a capacidade coercitiva necessária para que empresas emitam menos carbono. Assim, a UE lançou um novo pacote legislativo que entrará em vigor este ano. Todos os participantes do mercado financeiro (“wealth managers”, gestoras de fundos, companhias de seguros, fundos de pensão) serão afetados pela nova regulamentação.
Leia mais (01/06/2021 – 23h15)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários